Top Social

Resenha | Garota Online - Zoe Sugg

terça-feira, 30 de junho de 2015

Penny tem um segredo. Com o nickname Garota online, ela escreve m blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, menino, os dramas do colégio, sua familia maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida. Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum. De repente, Penny percebe que está se apaixonando - e escreve sobre cada momento dessa hitória em seu blog de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre. Garota Online é um livro encantador, que traduz exatamente o que significa crescer e se apaixonar na era digital.

Para os que não conhecem Zoe Sugg - ou Zoella - é uma YouTuber/Daily Vloger  britânica com mais de 8 milhões de inscritos no seu canal. No dia 17 de Julho de 2014, Sugg usou seu segundo canal para anunciar oficialmente o lançamento de seu primeiro livro. Em Novembro do mesmo ano o livro começou a ser vendido e causou várias opiniões diferentes, que serão comentadas neste post logo após minha própria opinião.


Não é o melhor livro que eu li na minha vida, até porque é difícil encontrar um autor que acerte em cheio logo em sua primeira obra, mas Garota Online tem seu charme e é adorável.

Como todo romance, existem seus momentos melosos, mas eles foram tranquilos. Já comentei aqui antes que não sou muito fã personagens muito bobinhas e a Penny é esse tipo de personagem, mas a história flui de um jeito tão dinâmico que eu não tive muito tempo pra pensar nisso. A linguagem do livro é bem tranquila e rápida. Como um todo, o livro é bom, não sei se recomendaria como um Y.A, mas como infanto juvenil ele faz seu trabalho.

Polemicas por trás da história


Antes de comprar o livro, bem no comecinho das vendas, eu vi muitas criticas negativas. Não construtivas, negativas mesmo. Muitos reclamavam do fato de que possivelmente Garota Online tinha sido “ghostwritten”, que é quando um livro é completamente escrito por um autor anônimo e o nome de outro é colocado na capa e em qualquer reconhecimento. Basicamente é quando uma pessoa leva crédito pelo trabalho de outra. Eu não estou aqui pra defender ninguém ou apontar dedos, mas eu sei o quão difícil escrever um livro é. Sei por experiência própria e por estar perto das duas outras autoras desse blog. Escrever um livro sozinha sem ajuda profissional ou a opinião de algum autor experiente é algo muito perturbador e assustador. Você pode mostrar para os seus pais ou para os seus amigos, mas na sua cabeça vai sempre existir uma voz falando “eles estão dizendo que está bom porque te amam”.

Eu não tomei posição alguma antes de ler o livro e durante a leitura percebi que é impossível que a história inteira tenha sido escrita por uma pessoa completamente aleatória. Quando a Penny descreve os ataques de pânico, eu consigo escutar a voz da Zoe falando sobre os próprios ataques. Existe muito da pessoa Zoe na personagem Penny pra ter sido feita por outra.


Como a própria Zoe disse, os personagens são dela, a história é dela. Todos precisão de ajuda quando estão fazendo algo novo, escrever um livro não é uma exceção.


                                          

Como eu disse, o livro não é perfeito, mas é definitivamente melhor que muitos outros romances bobinhos que li. Estou ansiosa pra saber sobre o que Zoe vai escrever em sua próxima história.

10 comentários on "Resenha | Garota Online - Zoe Sugg"
  1. Eu vi muitos comentários sobre esse livro, principalmente da polêmica. Nunca tinha ouvido falar da Zoella e a premissa da história não me chamou atenção. Espero que para quem goste do gênero curta o livro.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler esse livro! Sua resenha está de parabéns, Amanda.
    Eu ainda não sabia dessa polêmica toda que teve por trás do livro, mas quem conhece a autora sabe quando isso é verdade ou não. Aliás eu sempre acho que adoram colocar defeito em gente que tá fazendo sucesso
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. As pessoas não gostam de ver o sucesso dos outros e por isso procuram defeito em tudo. Mas como você disse, quem assiste os vídeos da Zoe sabe que tem muito dela na personagem.
      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir
  3. Eu sinceramente tenho que confessar que eu amei esse livro.
    Ele é simplesmente maravilhoso.
    Sabe que eu fiquei super chocada quando eu acabei descobrindo sobre o segredo do Noah. Fiquei praticamente de boca aberta e de coração apertado como a Penny. Sério!
    Pode não ser algo assim tãoooooo grande, mas mexeu comigo.

    Mas amei essa obra e adorei a sua resenha.
    Ficou muito bem desenvolvida !

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-album.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, sempre é bom ter esse feedback de vocês. Fico feliz que tenha gostado do livro e da minha resenha. É meio bobinho, mas é muito divertido realmente.

      Excluir
  4. De fato, essa é a primeira resenha que leio que tem um tom mais positivo do livro. Quase todas as que li são massacrando a obra. Mas gostei de ter lido algo com outro ponto de vista. Embora tenha ressaltado que o livro não é um primor da literatura, mas...

    LETRAS COM CAFEÍNA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente não vi resenhas brasileiras positivas. Acredito que o público que mais gostou foi o pessoal de fora, que foi onde encontrei bastante pessoas falando bem da obra.

      Excluir
  5. Exatamente pela polêmica o livro não me interessou nem um pouco! A capa é bonitinha mas não me interessou. Talvez eu leia para tentar formar minha opinião à respeito, mas por enquanto não tenho vontade! beijos!

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está ótima, já li várias resenhas sobre esse livro e muita gente comentando, estou doida para lê-lo, até comecei a ler o ebook, mas não consegui terminar ainda pq meu celular não colabora, então devo ter lido umas 5 páginas só D: preciso de um ipad/kindle urgente ou comprar o livro xD hahaha

    beijos.
    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Amanda!
    Eu vejo, vez ou outra, os vídeos da Zoe e acho uma fofa, super divertida! Soube desse livro e a polêmica por trás dele, além das críticas negativas. Na minha opinião pessoal, não há problema ter ajuda, mas desde que essa ajuda não seja na escrita conjunta sem que haja os créditos ou pelo menos o agradecimento do profissional que a ajudou. Os primeiros escritos tem que ser mesmo, uma lição para se ir aprendendo, e é por isso que existem tantos profissionais que ajudam na leitura crítica pós o original estar completo, para que depois o próprio autor vá modificando o necessário, mas a obra em si tem que sair de mérito dele (ou pelo menos de todos que receberem o crédito por). Muitos livros são escritos mais de uma vez, revisados diversas vezes e guardados até que estejam prontos - não basta só uma ideia. Agora só espero que nos próximos ela possa ir desenvolvendo-se sozinha, mesmo que falhe bastante, e que o ghostwritter não se torne uma "muleta" e sim só quem deu o primeiro empurrãozinho.

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog
    Twitter|Wattpad|Instagram


    ResponderExcluir