Top Social

Resenha | Belezas Perigosas - Libba Bray

quinta-feira, 20 de agosto de 2015
Após assistir à morte de sua mãe duplamente – numa visão perturbadora que logo se confirma real – no dia do seu aniversário, em uma tarde quente e agitada em Bombaim, Gemma é mandada para Londres, onde o irmão se encarrega de matriculá-la na tradicional escola Spence para moças. Sob o lema "graça, charme e beleza", Spence, guarda, no entanto, em seu bosque, onde às vezes aparecem ciganos, sua capela, seus recantos secretos, mistérios que farão com que Gemma entre em contato com seu dom (ou seria uma maldição?) de forma cada vez mais intensa. O jovem Kartik bem que tenta ajudá-la a lidar com suas visões e alertá-la para os perigos de se envolver numa antiga e nebulosa história, mas Gemma não é do tipo que se deixa paralisar pelo medo. E encontra em Felicity e Pippa, duas das meninas mais invejadas do colégio, e até mesmo na humilde Ann, o impulso necessário para enfrentar seus próprios fantasmas.
Quando, em algum ponto do ano passado, tive a chance de ler Os Videntes, me deparei com uma narrativa doce, enigmática e envolvente. O trabalho de Libba Bray foi, desde o princípio, arrebatador, me conquistando do início ao fim. Porém, esse não era seu primeiro trabalho, logo, resolvi conhecer mais da carreira da autora e acabei encontrando Belezas Perigosas

Mergulhei na leitura sem saber muito a respeito da trama; não vi nada além de uma capa bem feita e o nome de Libba Bray. Creio que esse foi um ponto positivo, pois dessa forma pude me surpreender com determinados elementos que talvez não chamassem minha atenção caso a sinopse houvesse sido lida. Infelizmente, o primeiro livro da Trilogia Gemma Doyle não apresenta muitas surpresas. 

É provável que lá atrás, em 2003, quando foi publicado, Belezas Perigosas tenha causado um certo burburinho por investir em elementos sobrenaturais e ressaltar a importância de figuras femininas como líderes. Atualmente a história de mocinhas brincando com magia e escondendo segredos num colégio interno da Inglaterra não é muito original - já vimos essa trama filmes, livros e seriados. 

A amizade entre Gemma, Felicity, Pippa e Ann é um pouco forçada, admito, mas funciona bem até determinado momento, pois desde o início estava destinada a dar errado. É preciso ter em mente a época na qual acontece a ambientação do livro na hora de analisar certas questões. E o vínculo criado entre essas garotas é uma delas. 

"Tantas coisas não ditas pesam no espaço entre nós. Quanto mais tentamos diminuir a distância, mais o peso delas nos distancia." 

Uma das coisas que mais me incomodou durante o desenrolar da história foi o comportamento de Gemma, que é uma típica protagonista insuportável suscetível a decisões ruins. Outra foi o romance que, ao meu ver, foi como aquela pitada extra de sal que acrescentamos quando não temos certeza e que, no fim das contas, se mostra um exagero. Não havia necessidade. Sinto muito. 


No geral, acabei gostando da história por apresentar elementos nostálgicos, digamos assim. E é sempre bom ver o início da carreira de um autor que admiramos e perceber o quanto seu trabalho evoluiu ao longo dos anos. Continuarei? Certamente. Indico? Essa é uma questão complicada. Talvez, porém não para todo mundo. 








12 comentários on "Resenha | Belezas Perigosas - Libba Bray"
  1. Olá!

    Não conhecia o livro, mas que pena que você não se sentiu tão atraída pela trama. Não sei se leria, talvez em outra oportunidade...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oii,
    Não conhecia o livro mas não me interessou muito.
    Vivi
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  3. Oiii!


    Eu concordo que talvez na época do lançamento o enredo tivesse sido incrivel né? Hoje essa tematica já tá saturada. Eu particularmente passo essa leitura mas, pq a personagem é irritante. Não tenho muita paciencia com esse tipo de livro ><

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Ai que pena que o livro é só 3 estrelas e tem uma personalidade insurpotável, lendo sua resenha já estava gostando do livro, mas ao saber disso desanimei, detesto ler livros assim, não flui, não tenho saco mesmo, apesar da capa ser linda e a temática bacana, vou deixar passar também

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    É uma pena quando tem um livro que estamos afim de ler e nos decepcionamos com ele.
    Não conhecia a autora, mas fiquei curiosa com a capa.
    Quem sabe mais pra frente possa ler o livro.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. geralmente quando começamos a ler um autor pelas últimas obras lançadas nos decepcionamos um poucos com o seu início em parte porque ainda era inexperiente? Sim, porém quanto mais conhecido mais as editoras investem e maquiam e tornam a história interessante, então o bom é conhecermos o início e irmos nos moldando junto com o autor, rs.

    Eu não leria, pois sua frustração me contagiou.

    Um beijo, Tay do Let It Shine

    ResponderExcluir
  7. Oi não conhecia o livro e confesso que também não li nada da autora apesar de conhecê-la. Eu não sei dizer que impressão tive da história, mas acho que leria sim, não sei. Vou procurar um pouco mais sobre ele

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  8. Que pena!! Romance com protagonistas sem sal em que não rola empatia não me serve...rs
    Não consigo terminar quando isso acontece. Abandono a leitura sem dó. Não conhecia o livro, mas vou passar a dica.

    LETRAS COM CAFEÍNA

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    já tinha visto esse livro, mas não pensei que se tratasse de um livro sobre natural. Pela capa pensei que fosse um romance de época rs' Mas agora lendo a sua resenha fiquei com vontade de ler, mas fiquei desanimada quando mencionou a protagonista chata rs' eu odeio essas protagonista, me desanima totalmente e o romance também não ajudou... veremos se lerei rsrs

    Beijos,
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  10. Olha eu pensei que esse livro se tratava de um romance de época, mas pelo jeito não é né?
    Eu gostei da trama, mas não sei se seria um livro que pegaria para ler.
    Talvez um dia desses quem sabe, mas seilá, eu não me senti muito atraida pela história.
    Espero ler masi pra frente.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/louca-para-ler-4.html

    ResponderExcluir
  11. Primeiramente, parabéns pela resenha, adoro ler resenhas assim, mais curtas e objetivas!!
    Também gostei da sinceridade na resenha, e pela sua analise eu acho que não leria o livro agora, mas quem sabe futuramente?
    Gostei do seu blog e da resenha, estou seguindo, vou deixar o link do meu, siga se gostar!!

    http://devaneiosdalila.blogspot.com.br/

    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Oii Fernanda!

    Amei a capa desse livro e a sinopse me deixou muito curiosa! Com certeza vou comprar esse livro ^^ Já anotei a dica! Amei a sua resenha!

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir