sábado, 22 de agosto de 2015

Resenha | Eleanor & Park - Rainbow Rowell

Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestidas com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths.

O título escolhido para essa resenha (um tanto quanto atrasada) é Eleanor & Park, livro da autora Rainbow Rowell. A trama, situada em 1986, segue a vida de Eleanor e Park, adolescentes de dezesseis anos, que dividem o mesmo banco no ônibus, assim como a paixão por músicas, gibis e, é claro, um pelo outro. Mas prepare-se, pois nem tudo são flores. 

Alguns diriam que esse é o tipo de romance capaz de partir corações, por apresentar um relacionamento complicado, intenso e real demais. E é verdade. Eleanor é uma garota doce, meiga e amável, mas sua vida está longe do que é refletido em sua personalidade. Existe muito mais a respeito dos personagens; camadas e mais camadas. A cada capítulo era possível descobrir algo que sempre esteve ali sem que notássemos. Era como um mergulho nos cantos mais inóspitos das mentes dos protagonistas.

A cada página de desenvolvimento da relação entre Eleanor e Park era possível notar a relutância inicial de Eleanor. Park estava envolvido e se entregando de corpo e alma, como somente um adolescente vivendo seu primeiro amor poderia fazer. Foi difícil ver que tal sentimento não era recíproco. Contudo, foi lindo notar a evolução de Eleanor, que aos poucos também passou a se entregar, mas sempre com um pé no chão. 

Você salvou minha vida, ela tentou dizer. Não para sempre, não definitivamente. Provavelmente, só por certo tempo. Mas salvou minha vida, e agora eu sou sua. O que sou agora é seu. Para sempre.

A escrita de Rainbow Rowell é, por falta de palavras, doce. A autora escolheu dividir os pontos de vista, para que tivéssemos uma melhor visão do cotidiano de cada personagem e como eles reagiam as mesmas situações. Foi incrível. Poucos conseguem separar a narrativa dessa forma tão lúcida e concreta. Mal posso esperar para ler Fangirl, Attachments e Landline e me saborear com suas palavras.


Rainbow faz parte do grupo de "autores queridinhos" lá fora, assim como John Green, Stephanie Perkins, etc. E, como era de se esperar, ganhou meu coração com Eleanor & Park. Mas isso não aconteceria se Caio Pereira (quem traduziu o livro pela editora Novo Século) não tivesse feito um trabalho tão impecável. Definitivamente uma das melhores traduções que já vi, pois conseguiu manter o tom da autora do início ao fim.







10 comentários:

  1. já ouvi muitos cometários desse livro, e confesso que estou louca pra ler!

    ResponderExcluir
  2. Ah eu já li esse livro também e me apaixonei pela escrita da Rainbow! Toda vez que vou em alguma livraria e vejo algum livro dela, fico louca para comprar. Sem falar que ela toca em assuntos delicados de uma forma bem gostosa de ler, né?! Adorei a resenha!
    Beijinhos e sucesso.

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  3. Por muito pouco eu não chorei nesse livro, mas confesso que ele tocou em mim de modo inimaginável. Como você disse Eleanor se entrega aos poucos e eu me orgulhando disso. Ela sonhava com os pés no chão, linda <3 haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ah os livros da Raibow são muito fofos, concordo com você, não tem palavras para descrever sua narrativa. Eleanor e Park é um livro fofo e muito diferente, impossível não se apaixonar! Já li outros livros dela e super recomendo "FanGirl".

    Beijos,
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá... tudo bem???
    Eu estava com esse livro aqui para ler, porque tinha muita curiosidade de tantas resenhas que li dele, mas terminei desistindo rs... eu tenho tantos livros que priorizei o que eu quero realmente ler.... então dei esse para uma de minhas resenhistas que estava com mais vontade que eu para ler rs... eu curto muito a premissa da história e para onde ela caminha... não é fácil a vida de Eleonor, mas Park está ai para fazer a diferença na vida dela... só espero que tenha feito... xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Li só um livro da Rainbow até agora, Ligações, e não curti muito a experiência. Mas dizem que Eleanor & Park é o melhor, então quero fazer uma segunda experiência com ele. Adorei isso da autora dividir os pontos de vista e da narrativa ser doce.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, tudo bem?
    Estou muito curiosa para ler esse livro, já que todo mundo fala tão bem dele e da autora. Ainda não tive a oportunidade, mas espero fazê-lo em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  8. Olá Fernanda,

    Gostei. Uma livro cujo ambiente parece ser a década de 80. Um período muito gostoso. Está na minha lista. Parabéns pelo blog.

    Wilson Brancaglioni
    http://www.estantedowilson.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Esse livro é amor para a vida toda. Concordo que a tradução transmitiu bem as palavras da autora. O romance entre os personagens é a coisa mais linda que já vi. Foi uma das melhores leituras que fiz no ano passado.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá flor,
    acho que sou a única pessoa que nunca li nenhum livro da Rainbow, e olha que tenho dois em casa (Eleanor e park, e fangirl) tenho muita vontade de ler, e devo mata-la até o fim do ano rs adorei a resenha e me empolguei com a doçura da autora.
    Beijos
    edna

    Dna Bookz / Fan page / Instagram  / Twitter

    ResponderExcluir