terça-feira, 25 de agosto de 2015

Resenha | A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola - o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e a vida que ele levava.A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.
 "Você vai ter uma bela vida", ela costumava dizer, afagando meu cabelo com uma de suas mãos frias. "E o ensino médio será apenas uma lembrança distante."

Eu ouvi falar de A Playlist de Hayden quando a Nanda fez o Primeiras Impressões, quando a gente ainda estava no AUH, e imediatamente soube que tinha que ler esse livro. Logo no começo eu sabia que ele teria um impacto em mim porque eu não tenho o costume de ler muitos livros que tenham como assunto principal o Bullying. O que eu gostei nessa história é que o propósito de tudo é mostrar como o melhor amigo do garoto que se matou segue com a vida depois disso.

Geralmente não curto muito ler livros com esses assuntos porque tenho medo de serem muito pesados e às vezes não tem uma "moral da história" muito boa. Não é todo mundo que consegue escrever sobre bullying e passar uma mensagem positiva no final do livro, porém, Falkoff conseguiu faze-lo de uma forma linda e, além do dominar o assunto principal, demostrou que é possível viver após a morte de alguém próximo sem viver relembrando a forma da morte. Foram raros os momentos que Sam se lembrou de Hayden pela forma que ele morreu, e eu acho que isso é uma mensagem muito importante.

O grande mistério do livro começa quando a Trifeta de Bullying começa a sofrer ataques que parecem estar conectados e, apesar de ninguém saber quem está por trás de tudo, as suspeitas caem em cima de Sam. É nesse ponto que tudo começa a perder ainda mais o sentido. Sam não sabe o que fazer, não sabe o que pensar, e, para completar, acredita estar ficando maluco com as alucinações que vem tendo.

A única coisa que ele tem certeza é de que seu melhor amigo está morto e alguém está tentando vingar essa morte. Mas quem? Pelo que Sam sabe poderia ser ele próprio. Mas tudo pode ser resumido à uma pergunta: Quem é Arquimago?


A Playlist de Hayden pode ser classificado como um dos melhores livros que já li. Ele é bem escrito, envolvente, tem um assunto atual e importante e tem bons personagens. A escrita de Michelle é maravilhosa e a tradução foi feita de forma impecável. Só tenho à agradecer a Novo Conceito por trazer esse livro para solos brasileiros.



15 comentários:

  1. Oi, Amanda!
    Que bacana que você gostou tanto da leitura, ainda não li este livro, mas gosto bastante desta temática mais pesada e densa.
    Adorei seu blog, já curtia a fanpage do blog, agora estou seguindo aqui também! ;)
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, que bom que você gostou da resenha e seja bem vinda :D

      Excluir
  2. Oi Amanda, muito boa a resenha. Muito, muito boa mesmo. Eu achei boa. Se eu tivesse que dizer alguma coisa, seria que a resenha foi muito boa. No geral, no contexto mesmo, foi boa.E continue boa assim desse jeito. Beijos no coração.
    Sucesso 👌

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, mozi. Você também é maravilhoso. Inclusive você viu de primeira mão o quanto eu gostei do seu comentário.

      Excluir
  3. Olá... tudo bem??
    Eu curti a premissa da história, mas terminei desistindo de continuar a leitura... optei em ler os livros que estavam mais pendentes.... e passei para a minha resenhista que estava mais interessada na leitura... percebi que esse livro diverge muitas opiniões entre os leitores, porém ainda acredito que seja uma leitura bo e significativa para quem o lê... xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele realmente causa muitas opiniões, não só entre os leitores, mas enquanto lia tive várias oscilações sentimentais. Mas no final tudo deu certo.

      Excluir
  4. Olha eu gostei bastante da sua resenha. Já vi vários blogueiros comentando muito bem sobre ele, mas eu até agora não o peguei para fazer a leitura. Eu acho que tem o momento certo e a hora certa para ler alguns livros sabe? Eu acho que o meu ainda não chegou, mas estou querendo muito ler, porque me parece passar uma lição para as pessoas, principalmente por conta do acontecimento que houve com o amigo. É um assunto delicado que tem que ser lido com atenção e também para que possamos aproveitar a estória melhor =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-branca-de-neve.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo plenamente com a hora certa. Acho que pra tudo tem um momento na vida e ler algo num momento errado pode transformar uma história maravilhosa em algo completamente inútil. Faça a leitura quando sentir que está pronta e a história vai te envolver.

      Excluir
  5. Oii!

    Quero ler esse livro justamente pelo fato de ele falar sobre assuntos que não é todo mundo que escreve ^^ A sua resenha ficou maravilhosa e eu estou louca para ler logo esse livro!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada *-* Esse assunto é bem delicado e acho que a pessoa tem que ter um grande dom para trata-lo de uma forma tão delicada.

      Excluir
  6. Olá!
    Esse livro está na minha lista de desejados e quase o comprei ontem na Bienal. Apesar de ser uma história um pouco triste mas tem um mistério envolvido e isso me deixou bem curioso!
    Espero ler em breve! Amei essa capa!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é sensacional. Eu realmente recomendo essa leitura.

      Excluir
  7. Quando começaram as primeiras impressões sobre esse livro, lembro que foi um burburinho muito grande e por gostar do gênero que ele está inserido, fui correndo para ler. Assim como você, achei a escrita da autora super envolvente, mas confesso que esperava algo mais do livro, simplesmente não me senti tocada pela história.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também resolvi ler logo quando saiu o primeiras impressões. Inclusive, foi a Nanda que fez o primeira impressões que eu li, e quando comprei o devorei. Como eu disse antes, as opiniões sobre o livro divergem muito... E eu acho que, nesse caso, não existe um certo ou errado.

      Excluir
  8. Olá Amanda
    Gostei muito da sua resenha e confesso pra você que estou morrendo de vontade de ler esse livro, ainda mais vendo que você o listou como um dos melhores? Deu mais vontade ainda..


    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir