quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Review | The Fosters - 1ª e 2ª Temporada #FAD


Creio que não seja conhecimento geral, mas adoro um drama familiar bem feito. Logo, sou grata pela existência da ABC Family, que sempre ofere exatamente o que estou procurando. Na verdade, estava, pois acabei encontrando em The Fosters tudo o que queria. 

Imagino que devem estar se perguntado "Por que assistir The Fosters?", não é mesmo? O que será que essa série, estrelada por atores não tão conhecidos assim, pode ter de especial? 

Primeiro: a família Adams Foster é composta por duas mães. Sim, essa é uma produção que procura expor o cotidiano numa casa onde duas mulheres - fortes e independentes - criam seus filhos, superando todas as diferenças e preconceitos que encontram ao longo do caminho. The Fosters irá falar sobre diversidade (tema que, nos dias atuais, é muito debatido) e, especialmente, sobre amor.

Não irei enganar ninguém e dizer que as duas temporadas já finalizadas foram perfeitas do início ao fim. Não, a série se encontra longe da perfeição - mas me digam uma série que seja, de fato, perfeita. Entretanto, nunca tive problemas com atuação alguma, pois todos os atores envolvidos no projeto são de extrema competência e fazem um trabalho incrível na hora da dar vida aos personagens. 

Às vezes o roteiro é o verdadeiro vilão, tornando difícil entender certas decisões ou rumos que acabam afetando algo que anteriormente já havia sido concluído. Mas é sempre possível entender o motivo dos roteiristas; é fácil, após algum tempo, constatar o que estavam pretendendo com determinada reviravolta.

No geral, gosto bastante da abordagem central. A trama familiar envolvendo a chegada de Callie e as consequências de sua presença inesperada é simplesmente incrível. Ao meu ver, não existe outra série que se encaixe tão bem na programação atual. The Fosters me ajudou a desconstruir mitos e me livrar de pré conceitos nos quais acreditava alguns anos atrás. 

A summer finale de sua terceira temporada aconteceu recentemente, ou seja, ainda dá tempo de fazer uma maratona especial e acompanhar todos os dramas envolvendo a família Adams Foster. Espero que assistam (ao menos deem uma chance) e consigam entender porque essa série tem um lugar especial no meu coração, apesar de me irritar em alguns momentos, mas quando a gente ama é assim mesmo, né?









8 comentários:

  1. Olá!
    Não conhecia a série, mas gostei do tema abordado.
    Vou procurar ver e se gostar acompanhar.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem? Eu não conhecia a série, mas já anotei a dica. ;)

    Beijos,
    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Já tinha ouvido falar nessa série, mas como não tenho TV a cabo, vou procurar no youtube mesmo.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Já ouvi falar de The Fosters, não sabia sobre o que era, mas a ABC faz ótimos dramas familiares, infelizmente não estou com muito tempo para acompanhar series agora, quando tiver acho que darei uma chance para a série.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda, tudo bem?

    Não conhecia essa série, mas apesar de parecer interessante, não faz parte do meu estilo de série... não gosto muito de acompanhar séries familiares, sou mais do tipo de ficção, sobrenatural ou de investigação... mas gostei de saber que ela retrata uma família comandada por duas mulheres.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  6. Oi, Fê, tudo bem?
    Ainda não conhecia a série, mas gostei bastante e com certeza vou dar uma chance, principalmente por tudo o que a série aborda. Só fiquei meio receosa com o roteiro, medo de não entender as coisas direito.
    Ótima resenha! Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa... Drama familiar é algo que todos deveriam assistir, principalmente os pais.
    Tantos dramas adolescentes seriam evitados com um mínimo de atenção... SuperIndico.
    Mas não veria The fosters, é fora da minha realidade e da minha concepção de família então fica falso assistir.

    Bjs, Tay do Let It Shine.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adorei a dica!
    Não sou muito de ver séries mas quero mudar isso
    Acho que vou fazer como vc sugeriu começar uma maratona rsrs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir