terça-feira, 8 de setembro de 2015

Resenha | Sobre Meninos e Lobos - Dennis Lehane

Como se fossem arrastados pelas águas turvas do rio Mystic, três amigos se vêem conduzidos de volta ao passado. No mesmo cenário em brincavam quando garotos, Dave, Jimmy e Sean se reencontram e percebem estar frente a uma encruzilhada que parece conduzir a um destino trágico.
Vinte e cinco anos depois do seqüestro de Dave, ocorrido nas mesmas imediações dos Flats e do Point - dois bairros violentos da zona sul de Boston -, a bela filha de dezenove anos de Jimmy morre assassinada.
Dor e violência arrastam o leitor numa trama em que as perspectivas de vida e de realização não ultrapassam os sufocantes limites de dois bairros historicamente construídos em torno do crime.

Existe uma certa pressão para que o dito "leitor de verdade" sempre conheça o livro do qual um filme surgiu, não é mesmo? Bom... Há anos ouvia minha mãe elogiando Sobre Meninos e Lobos, dirigido por Clint Eastwood em 2003. Em todo esse tempo nunca parei para assisti-lo, admito, mas, ao descobrir que tratava-se de uma adaptação, algo me impulsionou a compra do livro. 

Escrito por Dennis Lehane e publicado em 2001, com um tema que ainda conversa com o leitor nos dias atuais, a obra apresenta um desenvolvimento lento, caminhando calmamente em relação aos principais acontecimentos, primeiro construindo cada parte daquele cenário. Assim, em meio a um intrigante quebra-cabeça, somos apresentados a personagens singulares que nos surpreendem ao longo das páginas. 

Cada capítulo é um vislumbre do mistério central; um desenrolar do emaranhado de fios que se encontra a nossa frente. Lehane não se prende a seus protagonistas - Sean, Jimmy e Dave - ao longo da narrativa, procurando expor pontos de vista que, num primeiro instante, podem parecer irrelevantes. 

Para onde iam todos esses pontos luminosos? Rumo às luzes apagadas, seu tonto. Rumo ao vidro estilhaçado.

E no final... Tudo é relevante. O menor detalhe faz diferença, mesmo que o leitor não o tenha notado imediatamente. Dessa forma, quando o tal quebra-cabeça é finalizado, nos resta apenas dar um passo para trás e admirar o incrível desfecho, ou melhor, incrível história narrada com maestria por Dennis Lehane. 


Geralmente este espaço é reservado para minhas considerações finais acerca da leitura, porém imagino já ter dito todo o possível sem comprometer o conteúdo da obra. Somente gostaria de expor que esse é um romance policial de extrema qualidade que pede um pouco de maturidade para que sua reflexão final seja tão impactante quanto deve ser. Para os fãs do gênero, fica a recomendação.



19 comentários:

  1. Nossa gostei bastante do livro, adoro policiais, e ele é bem recente, quando li "Sobre Meninos e Lobos" me remeteu um coisa longinquá dos fins do século 19, não que isso seja ruim foi só um sentimento que o título do livro me passou, e foi um sentimento gostoso.
    Também não assisti o filme.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Fernanda.
    Parabéns pela resenha e pelo gosto! Sobre Meninos e Lobos é maravilhoso. Curto muito o livro. E a forma em que o construi-se Sean - meu personagem favorito -.

    Beijos.

    Kamylla Prado.
    vidaemserie.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda, eu não conhecia o livro ainda mas fiquei super empolgada agora para ler depois de saber que ele é um romance policial, sou fã do gênero e tenho certeza que amaria o livro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  4. Adoro romance policial, esse sem dúvidas em chamou a atenção. Ouvi alguém me indicar ele alguma vez, mas não fui atrás para pesquisar. Gosto de ler antes de ver o filme, mas confesso que fiquei interessada em assistir primeiro! Talvez assista nem fim de semana.
    Beijos,
    Gabrielle G - Blog ABCD dos Livros.

    ResponderExcluir
  5. Oiii!

    Fê, eu já ouvi sobre esse filme mas não sabia do livro, achei bem legal isso.
    A capa é bem bonita. Sobre o enredo, eu achei muito legal cada detalhe fazer a diferença, é bom quando o autor faz essa brincadeira conosco né? Temos que estar ligado em tudo para fazer sentido.
    Gostei!!!

    Beijinhos,
    entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Fernanda!
    Já havia ouvido falar do filme, mas não sabia que é adaptação. Gostei de saber disso e já o adicionei à minha lista de leitura e filmes.
    Beijos

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Adoro livros deste tema e esse me chamou bastante a atenção. Parabéns pela resenha

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olha eu nunca tinha lido resenha sobre esse livro, mas sinceramente nunca tinha me chamado muita atenção. Achei interessante a estória, mas eu não sei se pegaria para ler no momento sabe? Mas quem sabe futuramente. Gostei da maneira como desenvolveu a resenha e também as suas impressões. Parabéns. Espero poder gostar quando ler =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/setembro-nacional-cristiane-broca.html

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Conhecia o filme, mas não sabia que ele era adaptação de livro. Por ora eu não leria, mas quem sabe futuramente? Muito legal a sua opinião, espero poder gostar quando eu for ler, mais adiante, claro.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bom?
    Eu já tinha ouvido falar, mas acho que só sabia do filme.
    Achei a capa bem bacana, e a premissa também. Você fez tantos elogios que me deixou com vontade de lê-lo. Quero ler um romance policial com uma qualidade assim haha bjs
    www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Fernanda, gosto muito das suas resenhas!! Ainda não conhecia o filme nem o livro e posso te dizer que tenho muita vontade de ler um romance policial de qualidade. Suas cinco estrelas me fazem reconhecer como uma boa indicação

    ResponderExcluir
  12. Olha que legal, nunca tinha ouvido falar desse livro, mas sua resenha me interessou bastante, gosto da premissa de livros policiais *-* hahah quem sabe um dia eu procure ver o filme que eu também não conheço e leia o livro =]

    beijos
    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
  13. Cara gosto dad Dias tween has, sempre Claras e objetiva sem enrolação nem mimimi.
    Eu já ouvi falar no filme, mas, ainda não assisti, e bem, o livro é bem interessante.
    Ah, eu não sinto pressão pra ler o livro se já vi o filme... Muitas vezes prefiro nem alterar a impressão que tive da história.

    Bjs
    Tay do Let it Shine

    ResponderExcluir
  14. Adorei a indicação, acho que vou procurar o filme primeiro, pois como não ando com muito tempo e a fila de leitura está grande preciso de prioridades.. rsrsr
    Mas adoro um romance policial, fiquei só com o pé atras de você citar que peca na maturidade.

    ResponderExcluir
  15. Olá Fernanda!
    Não conhecia o livro e em saber que é um livro policial fiquei curiosa, já adicionei esse livro na minha lista e espero ler em breve!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  16. Oi, Fê, tudo bom?
    Gostei bastante da sua resenha, e é bem legal saber que sua mãe gostou do filme. Já assisti e não gostei, logo fiquei receosa de ler o livro.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi Fernanda, tudo bem?
    Não conhecia o livro, e fiquei bem curiosa agora para lê-lo. Já outro livro do autor e gosto bastante da escrita dele. Como também curto livros policiais, acho que vai ser uma boa pedida dar uma chance a esse livro também.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  18. Oii!

    A promissa me deixou bem curiosa ^^ Amei a capa e a sua resenha ficou ótima :) Adoro livros policiais! Com certeza vou ler esse livro!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  19. Oii Fernanda, não conhecia o livro, mas amei a capa!!!
    A sua resenha está demais e menina é o tipo de livro que eu gamo...
    Adicionei ele na minha lista de desejados e espero ler em breve.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir