quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Review | Simplesmente Acontece

Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.

Quando Simplesmente Acontece teve sua estreia em março desse ano, não procurei assistir no cinema porque não sabia nada a respeito da história - não vi trailer, não li sinopse, etc. Confesso que não estava particularmente interessada numa comédia romântica protagonizada por Lily Collins e Sam Claflin uma vez que, ao meu ver, os atores não pareciam combinar. Ah, mas como me enganei...

A história de Rosie Dunne e Alex Stewart não é algo épico que mudará todo o conceito romântico de uma geração; é um clichê bonitinho que proporciona lágrimas, risos e que faz com que a vontade de matar os protagonistas cresça ao longo de algumas cenas. Porque, honestamente, muitas coisas poderiam ser resolvidas se ambos parassem para conversar como dois adultos.

Porém todos sabemos que protagonistas sensatos não rendem um filme de duas horas - suas escolhas ruins irão mover toda a trama. Funciona assim há muito tempo, independente do país de origem. E, ao meu ver, isso não é um incomodo tão grande, uma vez que nos sentimos mais "próximos" dos personagens ao vê-los cometendo erros - torcemos para que encontrem o caminho certo, a voz da razão. 

Quem assistiu Um Dia, sabe do que estou falando. Na verdade, são produções muito similares. E isso acabou me irritando um pouco. Emma deixa-se levar e acaba perdendo o rumo em alguns momentos, enquanto Dex permanece um cara bem sucedido, que parece ter realizado todos os seus sonhos, mas nós sabemos que não é bem assim. Logo, não é difícil traçar uma linha comparativa entre os dois filmes.

Diria que a principal diferença entre os dois é a abordagem escolhida para o romance desses dois amigos de infância. Simplesmente Acontece é recheado de cenas fofas e engraçadas entre Alex e Rosie; e mais algumas que cortam o coração. Apesar disso, ele é ainda é mais leve e despretensioso. Quando você menos espera os créditos finais aparecem na tela e o filme chegou ao fim. 


Em conclusão, acho que poderia ter sido melhor. Certos pontos poderiam ser explorados mais a fundo, assim como a participação de alguns personagens. Também gostaria que a maquiagem tivesse sido melhor, para que a passagem de tempo fosse mais evidente. Bom, como disse antes, não é um filme ruim. Se estiver procurando algo que deixará seu coração mais leve e fará com que esqueça algumas de suas preocupações por um tempo, eis uma ótima opção. 

Para quem não sabe, o longa (pelo qual me apaixonei) é baseado no livro de Cecelia Ahern, publicado em 2004 sob o título Where Rainbows End. E, logicamente, iniciarei essa leitura o mais rápido possível, não somente para fazer um comparativo livro x filme, mas porque genuinamente me senti atraída por esses personagens e preciso conhecer mais sobre eles.









7 comentários:

  1. Nassa este filme já estava na minha lista.
    E Agora com sua resenha e esse trailer,nossa,estou indo assistir agora!
    Muito obrigado,e parabéns a resenha ficou linda!
    .
    www.garotoaocubo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Parece um fime bem bonitinho, bom para uma tarde preguiçosa.
    Hahaha concordo que algum clichês nunca morreram, por que cá entre nós, amamos eles ^^

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Assim como você não fiquei muito empolgada pelo filme diante de sua estreia, não cheguei a assisti ao trailer também, mas depois de ler inúmeras resenhas do livro e comentários do filme fiquei com aquela curiosidade, mas pretendo ler e depois assisti ao filme, pois quer detalhes que com toda certeza não vou encontra no filme.
    Beijos
    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  4. Olha eu li o livro e sinceramente tenho que confessar que amei.
    Me senti envolvida na estória do começo ao fim. Só não curti muito o desfecho, mas tirando isso tudo bem. Quanto ao filme, eu não curti muito não. Acho que teve muita coisa cortada e poderiam ter ampliado um pouco sabe? Mas mesmo assim não foi um dos filmes preferidos que vi.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-fragmentados.html

    ResponderExcluir
  5. Eu amo esse filme, é fofo, é extremamente engraçado, e de cortar o coração. E penso igual a você, a maquiagem poderia ter envelhecido um pouco mais eles.
    Li o livro e não gostei, achei super enrolado, eles demoram demais em ficar juntos, tudo da errado, e como disse na minha resenha, eles não tem vontade dde levantar a bunda da cadeira e correr atras dos sonhos, se Rose não vai até Alex, custa ele ir atras dela? ¬¬'

    ResponderExcluir
  6. Não vi o filme ainda pois quero ler o livro!
    Eu fiquei com vontade qdo lançou mas até hj não o comprei, estou bem ansiosa para ler, amo romances clichês e sou fã de Um dia! Adorei a resenha!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda!
    Ain estou com o livro aqui na fila para ser lido e estou me segurando para não ver o filme!
    É o tipo de livro e filme que eu amo, amigos que descobrem o amor pelo outro. Os atores são lindos e sou super fã. Quero ler logo!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir