quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Primeiras Impressões | Scream Queens


Considerando que há algum tempo não tinha a oportunidade de escrever um "Primeiras Impressões", que Outubro tem a fama do mês do horror e que talvez seja difícil iniciar alguma leitura que se encaixe nessa temática, resolvi unir o útil ao agradável e assistir o episódio piloto de Scream Queens, que se propunha a misturar terror e comédia na dose certa. 

Criada por Ryan Murphy, a cabeça por trás de Glee e American Horror Story e outras produções que ganharam o público, a série teve sua estreia no fim do último mês (22) com um episódio especial de duas horas. Felizmente, bastaram 43 minutos de gritos estridentes e efeitos sonoros ruins para que minha opinião a respeito da mesma se concretizasse.

Com uma proposta interessante de homenagear clássicos do terror americano em forma de paródias, a série deixa a desejar no quesito qualidade, apresentando personagens estranhos e tramas desconexas. Sim, a comédia funciona dessa forma, especialmente àquela voltada ao público adolescente: não há uma abordagem muito profunda de personagens. Quando bem feito, isso dá certo. Todavia, esse não é o caso.


Scream Queens parodia a si mesma quando utiliza todos os estereótipos possíveis para construir seus personagens. Além de gritos, sangue falso e efeitos ruins, que tornam-se complementos indispensáveis para a trama que, diga-se de passagem, é tão clichê quanto poderia ser. 

Quanto aos atores... Gostaria de saber de quem foi a ideia de utilizar Ariana Grande no elenco. Lembro-me de assistir Victorious em meus tempos de Nickelodeon e ter Cat Valentine como uma de minhas favoritas; o que me leva a crer que seu talento como atriz foi se esvaindo junto com todos aqueles falsetes. (Não se pode ter tudo). 


Os únicos nomes nos créditos que mostram a que vieram são Keke Palmer, cuja personagem é mais próxima da realidade, e Jamie Lee Curtis, que acaba sobressaindo-se e provando que quando se tem talento é possível brilhar mesmo numa produção ruim, ao contrário de nossa protagonista. Emma Roberts já deu vida a garotas mimadas que acreditavam ser o centro do universo - Garota Mimada - e seria bom ter visto um pouco dessa essência em Chanel Oberlin, infelizmente, não funciona assim.

Apesar dos diversos elogios que vi serem distribuídos para Scream Queens, uma crítica do Rotten Tomatoes foi a que me chamou a atenção e resumiu tudo aquilo que quis expressar aqui: Too tasteless for mainstream viewers and too silly for horror enthusiasts, Scream Queens fails to satisfy. E, caso tenham alguma dúvida após essa review, não pretendo acompanhar a série e desejo boa sorte aos que resolverem assisti-la. Na minha sincera opinião, existem coisas muito melhores oferecidas pela TV americana.


11 comentários:

  1. Parece algo nem um pouco promissor, certamente não verei. Bom review.

    ResponderExcluir
  2. Olha eu sinceramente não sou muito de assistir série de TV.
    Mas eu adoro a Emma Roberts e também a atriz que fez sexta feira muito louca com a Lindsay Lohan. Ela é super engraçada. Mas eu prefiro mais ver filmes sabe? Mas provavelmente possa vim a ver futuramente. Por agora já estou com várias séries pela metade e não quero começar mais uma. E nem sei se vou terminar um dia as que eu não acabei de ver =x Sem paciência por enquanto hahahaha

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resumo-do-mes-setembro.html

    ResponderExcluir
  3. Eu assisti o episódio piloto e lembrei de Scream, só que numa versão mais patricinha e histérica. Gostei, mas não gostei, porque apesar de saber que a proposta é ser forçada e assim mesmo, eu meio que não gostei. Mas verei mais alguns episódios pra ter certeza. Boa resenha :D

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda, eu não conhecia essa série ainda mas fiquei muito interessada nela, de verdade! Pela premissa parece ser muito boa, com certeza ela já está na minha lista para assistir!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  5. Fernanda, apesar de ser uma criação do Ryan Murphy eu não me empolguei muito para assistir a série.
    Primeiro que não gosto dessa temática, segundo concordo com você sobre a Ariana Grande aos falsetes devem ter drenado algo nela.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  6. Tive uma opinião bem parecida com a sua depois de assistir ao primeiro episódio. Achei o elenco "oi quero chamar atenção, assista isso!!" demais pro meu gosto e algumas escolhas bem de mal gosto. Sendo uma serie de comédia/terror eu esperava riso/susto e a única coisa que tive em troca dos meus minutos perdidos foi tédio e confusão. Achei tão ruim que parecia uma piada tipo "vamos soltar esse episódio péssimo para ver a reação das pessoas, depois soltamos o episódio original" e ainda tenho fé de que seja uma piada. Com isso, não sei se assistirei o segundo, até porque tenho várias series em andamento que necessitam da minha atenção, hehe.
    Adorei o post.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Sinceridade é o que procuro nas resenhas e adorei a sua.

    Quando fazem muito show para estreia de algo já fico com medo de ser porcaria. Sempre é verdade.
    Quando algo é bom desde sua concepção como ideia não necessita nada além de uma divulgação básica e que todo a aceitação virá do público e dos críticos de plantão.

    Parei de assistir tantas séries por causa disso. Muito mi mi mi e na hora de assistir ao show todo, era apenas uma réplica de alguns sucessos passados ou roteiros e efeitos mal-usados.

    Amei sua resenha e duas horas de qualquer série não me atraem em nada. 1:20 é o máximo que vejo de uma série e esse tempinho só gasto com Sherlock.

    Beijos!

    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu assisti Glee até certo bom, acho que deu certo por um tempo, mas depois perdeu a mão. Nunca vi American Horror Story e, apesar de possuir trailers muito bons, parece seguir o mesmo estilo de Glee, ouço comentários de que a série está ficando cada vez pior. Aí você me diz que o produtor de Scream Queens é quem está por trás das outras duas e não consigo pensar como pode dar certo. ): Vai saber!

    aworldtoread.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Poxa estava aqui doida para assistir a série e depois de ler suas impressões fiquei com o pé atrás.
    Odeio essas paródias americanas, nem todas, mas boa parte são sem graça. Acho que irei assistir só por curiosidade!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Fer, tudo bem?
    Eu ainda não assisti a série, mas estou curiosa já que tem chovido comentários positivos sobre ela. Gostei dos seus argumentos e quando for assistir vou prestar mais atenção.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu ainda não conhecia e pelo que você falou aqui eu percebi que é bem interessante, pena que eu esteja sem tempo porque se não iria procurar para ver. Mas fica a dica, qnd tiver um tempinho sobrando eu vou querer conferir

    ResponderExcluir