Top Social

Resenha | Uma Constelação de Fenômenos Vitais - Anthony Marra

quinta-feira, 15 de outubro de 2015
Ao ver sua casa pegando fogo, após seu pai ser levado por soldados russos, Havaa, de 8 anos, se esconde na floresta e observa as chamas até que um vizinho a encontra sentada na neve. Akhmed sabe que se envolver significa arriscar a própria vida e que não há lugar seguro para abrigar uma criança na vila, onde informantes fazem qualquer coisa por um pedaço de pão. Mesmo assim, ele a conduz até o único lugar em que acredita que a menina poderia estar a salvo: um hospital abandonado que já teve quinhentos funcionários e onde a úica médica restante, Sonja, está no degrau mais baixo de sua carreira, amputando membros dilacerados em pacientes atingidos por minas terrestres.
Nesse cenário de guerras, ocupações e insurgências que arruinaram a Chechênia desde a década de 1990, a confiança entre Akhmed e Sonja desenvolve-se lentamente, com Havaa funcionando como ponte. As histórias de perda dos dois médicos farão com que eles se apeguem à menina com uma ansiedade cega.

Em Julho desse ano conheci, através de um vídeo que falava sobre "livros e suas capas", a obra de Anthony Marra. É inegável para qualquer observador que a arte de Uma Constelação de Fenômenos Vitais possui uma beleza agradável e sutil, capaz de chamar atenção em um mostruário de livraria. Confesso que o comprei pela capa. Entretanto, após finalizar a leitura, vi que tratava-se de algo que ia muito além de uma floresta em tons pastéis pontuada por estrelas. 

Ao abrir a primeira página, não fazia ideia do que estava por vir; talvez um romance adolescente em que um dos protagonistas têm alguma doença terminal ou uma trama sobre sonhos e objetivos que devem ser atingidos. Não esperava encontrar uma história sólida e real demais a respeito do caos instalado numa Chechênia que tenta se manter firme sobre a base irregular dos destroços que restaram após guerras. 

Temos, ao longo da narrativa, um grande conteúdo histórico ao qual o autor recorre para dar veracidade as situações submetidas a seus personagens. E, apesar de, em diversos momentos, me incomodar com a quantidade de informações didáticas até, compreendi a importância de expor aquela realidade para que o leitor pudesse construir uma imagem vívida em sua mente, sem esquecer os detalhes.

Talvez nosso amor mais profundo já esteja inscrito dentro de nós, assim seu objeto não cria uma nova palavra, mas, ao contrário, permite-nos ler aquela já escrita.

Os personagens de Marra me lembraram constantemente aqueles que conhecemos em A Menina Que Roubava Livros. Não, não trata-se de uma comparação. Longe disso. O autor recorre ao mesmo recurso que Markus Zusak ao mostrar que seus protagonistas são muito mais complexos que aquilo que normalmente vemos ao longo das páginas - eles são humanos, com imperfeições e fantasmas que os assombram noite após noite. 


Minha única ressalva permanece na questão do desenvolvimento da trama, que, infelizmente, demora a engatar e faria com que um leitor mais "desleixado" desistisse antes da página 100. Anthony Marra se provou um autor capaz de prender o leitor e surpreender com desfechos tocantes, todavia, ao citar diversos fatos acerca do futuro de personagens secundários, acaba errando pelo excesso. Salvo esse erro, é uma leitura recomendada; nem todos irão gostar, mas todos deveriam ler.


20 comentários on "Resenha | Uma Constelação de Fenômenos Vitais - Anthony Marra "
  1. Olá!

    Eu vi várias resenhas desse livro e o que mais me chamou a atenção foi a capa: linda e delicada. Se você disse que o autor demora pra engrenar a história, então vou adiar essa leitura. Parabéns pela resenha, muito bem escrita.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kami.

      Essa capa é maravilhosa, não é mesmo? Ela é super simples mas diz muito sobre a história em si. Fiquei feliz pela Intrínseca ter mantido a original. Quanto ao ritmo da história... É uma daquelas leituras que você precisa ter tempo para se dedicar a ela, sabe? Eu lia poucas páginas no trem (porque era o que dava) e depois ficava sem vontade de continuar. Então é bom sentar e iniciar a leitura sem barulhos ao fundo; apenas você no seu cantinho. Acho que assim flui melhor.

      Obrigada pelo elogio <3

      Excluir
  2. Oi! Eu ainda tinha ouvido falar desse livro, e achei bem intrigante (mesmo você dando apenas 3 estrelas a ele). Com certeza será uma das minhas próximas leituras! Valeu pela dica! Beijos, Carol.

    eicarolleia.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol.

      Eu comecei a ler esse livro sem saber do que se tratava, como disse na resenha. O que me impulsionou a comprá-lo foi a capa, mas, caso tivesse lido a sinopse, teria me intrigado a respeito da história. Minha nota final foi 4 ESTRELAS, seu comentário me fez vez que havia colocado a nota errada hehe

      Excluir
  3. Oi!
    Não costumo muito ler sobre guerras e toda essa pegada mais real, mas fiquei muito curiosa com sua resenha, pois parece que quando se insiste no livro, é uma ótima leitura, só não sei se seria capas de ler até depois da página 100 pra pegar a história.. srrs

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sabrina.

      Eu não diria "insistir" na leitura, porque fica parecendo que o livro era chato, maçante, etc. É mais uma questão de ter paciência e entender porque o desenvolvimento tem aquele ritmo; mas isso o leitor só percebe depois que os acontecimentos começam a adquirir uma velocidade maior. É um bom livro, acredite.

      Excluir
  4. Oiii!

    Quem nunca comprou por capa atire a primeira pedra!!
    Eu só compro por capas ou sugestões já que não leio sinopse, então esse seria um dos motivos.
    Gostei do enredo do livro, jamais imaginaria uma história tão rica assim. Acho que nunca li nada de guerra assim sabe? Seria uma boa estreia. Mesmo com essa leitura arrastada, eu gostaria de ler.

    Sua resenha tá ótima como semrpe!!
    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. Essa capa é realmente demais
    Ficou por um bom tempo na minha WishList até eu sentar e ler a sinopse.
    Não é meu estilo de livro e até hoje não peguei A Menina Que Roubava Livros.
    Sem comparações claro, mas falo pelo tema geral.
    Gosto de um drama e uma pegada mais tensa e forte, mas a sinopse não fez meus olhinhos brilharem.
    Sua resenha é incrível e cheia de detalhes. Confirmei que não vou gostar hahahahaha

    Abraço,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  6. Ah Fer é inevitável a demora pra engatar e o marasmo no meio da leitura quando lidamos com livros que além de enredo tem didática, mas, quando terminamos de ler é enriquecedor, uma sensação de fazer parte da história que é maravilhosa. Parabéns pela resenha
    Bjs
    Tay

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, eu já tinha ouvido falar desse livro antes mas nunca tinha lido uma resenha dele ainda, e amei a sua. O livro parece ter uma trama contagiante e emocionante, gostei que os personagens lembram os de A Menina que roubava livros, um dos meus livros preferidos. Quem sabe um dia eu dê uma chance a esse livro e vejo o que acho dele.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Fer, tudo bem?
    Não conhecia o livro, e de cara me encantei pela capa. Nunca imaginei que ele ia se tratar sobre a Guerra e principalmente, sobre suas consequências. Agora estou bem mais curiosa para ler e conhecer mais profundamente o livro. Que bom que se surpreendeu pela história!

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  9. Oi Fernanda!
    Realmente, a capa é muito linda, mas só por ela eu nunca imaginaria que o livro fala sobre Guerra. Mas gostei, essa temática me interessa muito.

    B-jusss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  10. Sou apaixonada por essa capa!!
    Adorei saber seu ponto de vista sobre o livro! E só por ter citado A Menina que Roubava Livros minhas expectativas aumentaram mais um pouco. Triste saber que o autor demora a desenvolver a trama; mas isso parece ser um simples detalhe já que o enredo é tão bom.
    Adorei o post!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Fê!
    A capa realmente é incrível e jamais imaginaria se tratar de um livro em um cenário de guerra se não fosse a sinopse! Ele também me lembrou muito a menina que roubava livros, com um toque de memórias de uma gueixa!!! Leria sem duvida alguma!
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  12. Oi Fernanda que capa linda demais!!!
    Pela capa nunca diria que a história era assim, de verdade... sinceramente, não gosto muito de livros com essa temática, por isso infelizmente eu vou deixar a sua dica passar ok?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Olá, Fernanda! Eu adoro esses posts de livros e capas porque sempre acabo tirando um livro ou outro do post pra comprar.
    Eu também me encantei por Uma constelação de estrelas somente pela capa, e eu o compraria somente pela capa. Mas pelas resenhas que li, conheço a história, e compraria por ela também, porque, como tu mesmo disseste, é bem mais que uma constelação de estrelas acima de um floresta em tons pastéis.
    Eu amei sua resenha! E acho que é uma pena que o autor tenha exagerado em alguns detalhes sobre os personagens secundários. Espero que eu não seja do tipo de leitor desleixado que abandona livros antes da pag 100. Beijos,
    www.entreleitores.com

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho ease livro, mas ainda não li. Confesso que a capa tbm me chamou a atenção, além do preço (9,90).
    Adorei a resenha!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha! E se eu não tivesse lido continuaria a pensar que esse livro é um YA! Essa capa é muito linda mesmo e eu nunca imaginaria que estava guardando um livro com uma premissa tão pesada... Já anotei aqui na minha listinha pra comprar na BF!

    Abraços, Miguel do Demasiadamente Lendo

    ResponderExcluir
  16. Oi Fê!
    Essa capa é lindíssima, assim que vi na livraria fiquei babando nela.
    Enfim, gostei da resenha e parece ser um livro incrível, bem desenvolvido e com uma história muito linda. Já coloquei na lista de desejados!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  17. Olá

    Não conhecia ese livro, gostei da premissa, mesmo com suas ressalvas, tem livro que a leitura no incio não engata mesmo, vou procurar pra ler depois,gostei da sua resenha.

    Bjss

    ResponderExcluir