Top Social

TAG | The Emoji Book Tag

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Em um mundo dominado pelos emojis, nada mais justo que uma TAG literária dedicada completamente à nossa maior arma de expressão textual. Eles fazem parte do nosso dia a dia, nos ajudam a traduzir emoções e agora podem ser usados para traduzir sentimentos por um livro. Essa TAG funciona de maneira simples, tudo o que se deve fazer é selecionar seus emojis mais utilizados e relacionar com livros. Fácil o suficiente? Então vamos lá.


O soninho, como eu gosto de chama-lo, vai com certeza para Escola de Espiãs. Eu comprei esse livro por cinco reais na Bienal e não foi uma compra inteligente. Na verdade, eu agradeço por ter comprado tão barato porque se tivesse sido mais que isso não sei o que teria feito comigo mesma. Um enredo chatinho e parado ao contrario do que é prometido, uma história um pouco confusa com muitas perguntas e poucas explicações. O final não me deixou com vontade alguma de ler o resto da série.


Agora, essa sim foi uma compra bem feita. Lonely Hearts Club foi adquirido na mesma promoção que o livro anterior, a única diferença é que não houve decepção com essa história. Para os fãs de The Beetles o titulo é exatamente o que vocês estão pensando. Uma história fofinha, porém bem estruturada. Um dos poucos romances que eu posso dizer que realmente gostei. Merece todos os olhinhos de corações que eu possa dar.


Talk about a plot twist. Nada é o que parece ser é a frase perfeita para esse livro. Um enredo super bem estruturado, com o clímax no lugar perfeito, um desenvolvimento de arrepiar. O livro é tão bom que até hoje não tive coragem de assistir o filme com medo de estragar a imagem que tenho.


Eu poderia citar Heavan nessa também, mas como o ódio começou a surgir em Hades, vamos ficar com ele. Durante Halo estava tudo bem, a personagem principal era chatinha mas dava pra aguentar, mas em Hades ela entrou em o que eu gosto de chamar de “full Bella mode” - que é basicamente quando uma personagem faz a dependente igual a Bella - e fica impossível aproveitar a história. Única razão pra não ter tacado o livro na parede? Não era meu.


Esse pequeno livrinho com histórias infantis revisitadas me surpreendeu bastante e eu tenho que bater palmas para Sarah Pinborough. Ela conseguiu juntar temas adultos com temas infantis - apesar de não recomendar essa saga para crianças, fica a dica - e mudar os contos de fadas de uma forma que eu só tinha presenciado em Once Upon a Time. Um trabalho digno de reconhecimento.


Um comentário on "TAG | The Emoji Book Tag"
  1. Oi, Amanda! Tudo bom? ((:
    Já tinha visto diversos blogs respondendo essa tag, mas confesso que nunca tinha parado para ver do que se tratava - shame on me >< .
    Gostei bastante da proposta e cheguei até a ficar tentada a responder também. Quem sabe, né? ahdiuhadshiuahdiuhdiu.
    Dos livros citados, nunca li nenhum deles, mas tenho curiosidade em conhecer "Garota Exemplar" - mesmo não fazendo muito meu estilo de leitura - e "Veneno".

    Beijinhos e uma ótima semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir