Top Social

Resenha | House: Um Guia Para Vida - Toni de La Torre

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016
House M.D. É uma das séries que mais faz sucesso na televisão atualmente e isso se deve ao seu protagonista, o Dr. House (interpretado por Hugh Laurie), um médico politicamente incorreto e bonitão que resolve casos que ninguém mais consegue enquanto detona seus pacientes, destila comentários sarcásticos a todos que estão à sua volta (especialmente seus subordinados) e se acha o dono da verdade. Este livro faz um raio X da vida do Dr. House e dá lições práticas de como ser mais parecido com ele e utilizar suas filosofias no seu dia a dia. Você se surpreenderá em como muitas das coisas ditas aqui se encaixam em sua vida e verá que o médico rabugento pode ter razão. O autor não tem a pretensão de ser o dono da verdade (afinal, ele sabe bem que esse é o papel de House).






Gregory House é um personagem da série de mesmo nome, que não fica no meio termo no gosto dos telespectadores: ou você ama o personagem ou odeia. Isso se deve à sua personalidade altamente ácida e sarcástica, e se em algum momento ele tiver a oportunidade de ofender alguém e você achar que ele não vai fazer isso porque seria cruel, você pode estar errado (a).

O livro House- Um guia para a vida não se trata de um livro que fala sobre o personagem e a trama da série, mas sim um irônico livro de auto ajuda, que não deve ser levado à sério, justamente pela alta dose de sarcasmo... Bem, na minha opinião não deve!

O livro já começa com explicações do que vem a seguir e se você deve lê-lo ou não:

“Este é um livro de autoajuda, mas será que vai mesmo ser útil? Quantos livros que prometiam a felicidade você comprou anteriormente e acabaram no lixo? Antes de perder tempo e dinheiro na aquisição e leitura deste guia que tem em mãos, responda algumas questões propostas aqui e verifique se precisa mesmo comprá-lo”, e logo depois há uma série de questões em que o leitor deve marcar uma alternativa como por exemplo:

"# - Seu chefe pede que você traga um café para ele...

a) Corro até a cafeteria e pago com o meu dinheiro b) Pego um da máquina do escritório c) Indico-lhe amavelmente onde fica a cafeteria d) Dou dez reais a ele e peço que também me traga um"

É claro que quanto mais alternativas "malvadas" o leitor responder, menos ele precisa do livro, e quanto mais ingênuas e inseguras as rreapostas,, mas o livro é indicado.

O livro é bem mais divertido para quem acompanha, ou pelo menos já viu um episodio da série, já que ao longo dos capítulos o leitor é convidado a agir com a postura de House, sendo convencido, mentiroso, manipulador, cruel, irônico, entre outras características maravilhosas. 

"Mas se é verdade que qualquer um pode ser antipático, ter uma vida mal-humorada é uma arte para a qual só alguns estão preparados. Pois não basta ter um mau dia: é preciso que todos os dias sejam péssimos. Só vivendo uma vida cheia de amargura e de mau humor é que alguém conse gue se parecer (ainda que de longe) com o genial Dr. House."

O livro pode não agradar se levado ao pé da letra e pode parecer até fúnebre, por isso se torna mais interessante pra quem ja saca que tudo não passa de uma grande ironia, como se o livro fizesse parte da realidade da ficção (oi?). Seria algo como "Os contos de Beedle, o Bardo" que conversa com a saga de Harry Potter.

House - Um guia para vida pode ser considerado um livro de humor e particularmente, como fã de carteirinha da série, eu achei o livro bem engraçado e divertido.Mas não é necessário ter assistido a série toda pra entender os conselhos e não seguir as dicas de Toni de lá Torre.



Minha nota para o livro 4 estrelas, por ser um livro divertido e repleto de sarcasmo, o que eu gosto na verdade. Além dos conselhos, ele conta com algumas das frases mais famosas do médico, e uma trilha sonor da série que te deixara embalado pra entrar no clima da vida do personagem.


Um comentário on "Resenha | House: Um Guia Para Vida - Toni de La Torre"
  1. Oi, Lidiane!
    Eu li esse livro há algumas semanas e ri horrores
    Sério, quem conhece a peça entende perfeitamente que ele é bem do jeito que é exposto ali. Realmente tem que ter visto pelo menos um episódio pra entender a ~beleza~ do livro.
    Ele foi de grande ensinamento pra mim e anotei umas 5 páginas de quotes, só acho que a playlist poderia ter sido distribuída durante os capítulos, assim a gente poderia ir pesquisando as músicas e entrando no clima durante a leitura :p

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras| CONCURSO CULTURAL: escolha um nome, ganhe prêmios

    ResponderExcluir