sábado, 11 de junho de 2016

TAG | The Intimidating TBR Pile


Há muito tempo não respondia uma TAG por não encontrar nenhuma que parecesse nova – depois de um tempo parece que já respondemos tudo o que havia para ser respondido. Felizmente, enquanto estava num blog aleatório, me deparei com a The Intimidating TBR Pile TAG que, para quem está tentando ler os livros que tem deixado empoeirar na estante, assim como eu, é ótima para refletir a respeito dos motivos que estão atrasando a leitura. Eis alguns dos meus. Espero que gostem!



1. Qual livro você não foi capaz de terminar?

Morte Súbita foi uma leitura selecionada no sorteio da minha TBR mensal e confesso ter ficado bem empolgada quando vi o título. Infelizmente, o timing não foi dos melhores e acabei não conseguindo dar continuidade a leitura por estar em período de provas na faculdade. Mas pretendo ler em breve, afinal, estamos falando de J.K. Rowling.

Qual livro você ainda não leu porque...

2. ...ainda não teve tempo?

Olha a autora aparecendo aqui de novo... Então, a questão com O Chamado do Cuco é completamente diferente. Apesar de querer me aventurar no universo criado por Robert Galbraith (hehe) tenho alguns problemas como 1) o livro é capa dura e tenho medo de danificar enquanto estiver com ele na mochila e 2) ele é pesado, o que dificulta a leitura no metrô. Porém, as férias estão chegando e vejo uma oportunidade de iniciá-lo.

3. ...é uma continuação?

Redimida não é somente uma continuação: é o livro final da série House of Night, escrita por P.C. e Kristin Cast, duas autoras que aproveitaram a onda vampírica para mergulhar num mundo onde vampiros e humanos coexistem numa mitologia completamente diferente de tudo que já foi visto. A série teve diversos altos e baixos, por isso o receio em finalizá-la, uma vez que a decepção pode ocorrer brutalmente.

4. ...é novo?

Por ser uma compra recente, Simplesmente Acontece tem estado na minha lista atrás de diversos títulos que já deveriam ter sido concluídos há muito tempo. Claro que sempre existe a possibilidade de trapacear, colocando-o algumas casas a frente, ainda mais por estar no clima para romances contemporâneos.


5. ...acabou lendo um livro publicado pelo mesmo autor e não gostou?

Não sei se todo o universo literário tem consciência do burburinho causado por A Rainha Vermelha, escrito por Victoria Aveyard, antes mesmo de seu lançamento nos Estados Unidos. Infelizmente, ele acabou não atingindo as expectativas de muita gente (inclusive as minhas), por não apresentar nada particularmente novo, mas sim combinar diversos elementos já vistos em livros anteriores. Bom, acho que isso explica porque ainda não li A Espada de Vidro.

6. ...simplesmente não está no clima?

Há alguns meses ganhei O Silêncio das Montanhas como presente de aniversário e até o presente momento não tive vontade de iniciar a leitura. Não que a história não pareça promissora - na verdade, é o tipo de história que tem tudo para me cativar. Porém, são muitas páginas de uma escrita mais sóbria, com temática forte, e no momento não é o que estou procurando.

7. ...é imenso?

Apesar de pouco material publicado, Patrick Rothfuss compõe o rol dos meus escritores favoritos. Um dos livros do autor, O Temor do Sábio, continuação de O Nome do Vento, tem quase 1000 páginas, o que dificulta um pouco a leitura (como segurar isso enquanto se está em pé em qualquer transporte público do Rio de Janeiro?). Logo, estou esperando a magia das férias para me aventurar.

8. ...comprou pela capa mais acabou lendo muitas reviews negativas?

Para falar a verdade, acabei ganhando Perdão, Leonard Peacock de um amigo que não gostou do livro e, como sabia que eu queria ler, acabou repassando. Então já dá pra perceber que a obra de Matthew Quick já chegou em minhas mãos amaldiçoada, né?

9. Qual é o livro mais intimidante da sua meta de leitura?

Apesar de não sei o maior, O Festim dos Corvos acaba sendo o mais intimidante por carregar todos os acontecimentos dos três primeiros livros de As Crônicas de Gelo e Fogo. E, para quem nunca leu, vale ressaltar que George R.R. Martin é extremamente detalhista ao descrever seus ambientes complexos – qualquer falta de atenção pode ser fatal. Além disso, é preciso paciência para ver a história se construir ao longo das páginas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário