Top Social

Resenha | O Último Adeus - Cynthia Hand

segunda-feira, 22 de agosto de 2016
O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.
O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante.
O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.


O Último Adeus conta a história de Alexis - ou Lex -, uma menina de 18 anos que sofreu uma perda terrível. Ele acompanha a garota durante o processo de luto em sua tentativa de superar o suicídio de seu irmão. O livro toca em assuntos como depressão, ansiedade, traição, a importância da família e dos amigos e, claro, o suicídio em sim.

Pensar nisso traz de volta o buraco em meu peito. Isso não para de acontecer, acontece a cada poucoas dias desde o enterro.

Essa é a primeira obra de Cynthia Hand que eu leio, apesar de não ser sua estreia, e devo dizer que me agradou muito. Os - poucos - problemas de escrita que encontrei vieram provavelmente da tradução, algumas coisas bobas como letras faltando ou perda de concordância, nada que atrapalhe a fluência e o entendimento da história.

A forma como os personagens foram escritos também me satisfez. Eles são reais, o que eu acho um pouco difícil de encontrar em um livro que não seja de fantasia. Muitos autores tentem a criar seres que se afastam da realidade na busca de ter um herói perfeito. A Lex é uma garota normal, que só queria ir pra faculdade e agora tem que lidar com pessoas a tratando diferente. Seus sentimentos são muito reais, seu medos. Isso torna mais fácil a identificação com o personagem, o que, por tabela, torna mais fácil a leitura.

O maior ponto da história - que eu acredito que seja o mesmo em qualquer livro com esse tema - é mostrar as várias formas de superação e seus processos. Nessa obra em particular, mesmo que sendo focada na irmã, podemos ver claramente como as pessoas ao seu redor estão lidando com o acontecimento. Isso torna, se certa forma, a história ainda mais real.

Enquanto todas as descobertas e fases do luto vão passando, um pequeno mistério envolvendo a morte de Ty é desenvolvido. Algo que vem se construindo e perturbando nossa personagem principal desde as primeiras páginas e que só é resolvido bem no finalzinho. Isso torna a trajetória, não só de Lex, mas também do enredo, muito mais interessante.


Eu dei 5 estrelas sem hesitação - resolvi não considerar os errinhos de tradução - porque, o arco foi desenvolvido com muita segurança e de maneira extremamente tocante. Fazia muito tempo que não conseguia me colocar no lugar de uma personagem e essa narrativa me trouxe isso de volta.


2 comentários on "Resenha | O Último Adeus - Cynthia Hand"
  1. Oi, Amanda! Assim que vi esse livro no Skoob fiquei interessada nele. Parece ser uma história muito tocante. Parabéns pela resenha.
    Beijos

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Erica. A história é bem tocante mesmo, vale a pena cada centavo dado. Obrigada pelo comentário!!

      Excluir