Top Social

Resenha | Em Algum Lugar nas Estrelas - Clare Vanderpool

segunda-feira, 12 de setembro de 2016
A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas Jack não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine. O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.
Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor.
Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam paracasa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

Em Algum Lugar nas Estrelas acompanha a história de Jackie, um menino que acabou de perder a mãe e é mandado pelo pai para um colégio militar. Lá ele conhece Early Auden, um menino esquisito que vive em seu próprio mundo. Por algum motivo Jackie se vê sendo puxado para a orbita de Early e por mais que tente, não consegue se afastar.

Saber mais sobre Early era quase tão desafiador quanto navegar em águas misteriosas e inexploradas.

O livro trata de forma geral sobre como a amizade entre os dois meninos pode ajudar e “salvar” ambos. A autora conseguiu escrever personagens complexos sem tirar sua infantilidade, afinal, eles são crianças. A amizade é escrita de forma completa e o seu desenvolvimento é bem marcado e claro através do livro.

As histórias de cada um dos personagens também foi muito bem desenvolvida e, apesar de ser claro que Jackie é o principal, às vezes se esquece que Early não é o protagonista. Isso provavelmente se deve a forma de escrita da autora, que mesmo fazendo uma narrativa em primeira pessoa nos mostra o que ambos os meninos estão pensando.

O enredo é basicamente uma grande história de superação e uma missão para se encontrar. Os dois meninos perderam pessoas importantes em suas vidas recentemente - Jackie perdeu sua mãe e Early perdão seu irmão -, e precisam encontrar uma maneira de lidar com isso. A aventura deles começa quando Early anuncia que seu irmão não pode estar morto porque Pi- sim, o número - não acaba. Toda história de Pi é uma metáfora para o irmão do menino que, segundo ele, assim como o número se perdeu em sua jornada.

No topo de uma história extremamente bem escrita e emocionante, a arte do livro é linda. Fiquei apaixonada assim que vi a capa, porém as ilustrações internas das constelações dão vontade de ficar horas só olhando.


Minha nota foi 5, e devo adicionar que esse foi provavelmente o melhor livro de 2016 pra mim. Pelo menos até o momento. A editora está de parabéns pela arte e pela tradução.


Um comentário on "Resenha | Em Algum Lugar nas Estrelas - Clare Vanderpool"
  1. Escrevi sobre "Em Algum Lugar nas Estrelas" hoje no blog. Esse livro é lindo, e por trás da grande aventura e fantasia, tem uma bela mensagem! Parabéns pela resenha. ❤️

    ResponderExcluir