Top Social

Review | Steins;Gate

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Steins; Gate é um anime que conta a história de um grupo de amigos que customizaram seu microondas em um dispositivo que pode mandar mensagens para o passado. Como eles fazem diversos experimentos, uma organização chamada SERN, que vem fazendo suas próprias pesquisas sobre viagem no tempo descobre esse grupo e agora os personagens têm de encontrar uma maneira de evitar serem capturado por eles.

Classificado como o segundo melhor anime do último ano - perdendo para Madoka Mágica -, Steins;Gate ganhou notoriedade por sua originalidade baseada num bom enredo e numa ótima construção de personagens. Os primeiros episódios parecem bastante despretensiosos; o piloto é confuso e conflituoso, os capítulos seguintes parecem não possuir objetivo e vão introduzindo cada vez mais novos personagens. Até que a vontade de assistir vai diminuindo, porém algo acontece e balança toda a trama. 

Por tratar do tema de viagem no tempo e ser uma obra japonesa (perfeição, etc, etc.), o drama consegue ser amarrado do início ao fim e traz uma nova maneira de surpreender mesmo fazendo parte de um tema já tão batido, além de contar com muita comédia, drama, ação e romance.

Particularmente falando, a introdução de novos personagens me deixava curiosa e um pouco irritada: “Por que tantos personagens? Será que cada um vai ter um desfecho? Serão esquecidos? Qual o nome daquele?” Porém, com o desenrolar da história, cada um ganha sua notoriedade e se desenvolve de maneira extraordinária, de forma com que cada um se torna muito importante para o desfecho. A caracterização deles é um dos motivos para que o telespectador se envolva com enredo - é fácil se identificar, pois são figuras presentes no dia a dia: o nerd que sabe tudo de computador, a menina inteligente, a menina gente boa, o que não larga o celular pra nada, o LGBT, a lunática bobinha que não entende as piadas maliciosas... Enfim. Uma gama de características que vão dando legitimidade ao desfecho.

A situação clímax é um pouco angustiante e o telespectador se vê a cada episódio torcendo para que as coisas se ajeitem, e somos capazes de sentir a frustração do personagem principal diante dos problemas que parecem não se resolverem. E este merece destaque por ser um dos personagens mais bem desenvolvidos e divertidos do anime. É absolutamente normal se ver apegado por ele no final da história.

Ainda faltam muitos animes pra assistir na minha lista, e a cada ano mais obras extraordinárias e originais vêm sendo construídas, mas posso dizer com propriedade que Steins;Gate é de longe um dos melhores animes já criados – independente de seu tema – e embora ele se estenda e demore a engatar, toda a "lenga lenga" vai se mostrar fundamental no final... Um final genial, original e principalmente emocionante!


Post Comment
Postar um comentário