sábado, 17 de dezembro de 2016

TOP 5 | Por que assistir Steven Universe?


No último sábado estava em casa fazendo o que mais gosto (assistir séries) quando percebi que em meio a episódios não assistidos estavam alguns de Steven Universe, desenho da Cartoon Network. Resolvi assistir os três episódios que faltavam para que ficassem em dia com os lançamentos e, no meio de determinado episódio, tive um momento "Caramba! Eu tenho vinte anos e ainda assisto desenho animado!" e logo depois comecei a analisar o porquê de estar assistindo algo que é feito para crianças. E essas são minhas conclusões.

Mas, para quem estiver lendo essa postagem sem conhecer Steven Universe, é preciso ao menos ler a sinopse do desenho para se situar: A série segue as aventuras de Steven, um garoto que herdou uma poderosa missão e, junto de seus amigos Garnet, Amethyst e Pearl, precisarão proteger o mundo de certas ameaças. Enquanto Steven tenta descobrir como usar sua herança, ele passa seus dias na Beach City se divertindo com seus amigos.

GIRL POWER


Por mais que Steven Universe seja protagonizado por um personagem masculino, o desenho apresenta inúmeras figuras femininas poderosas e que ganham destaque à sua maneira. Começando por Garnet, Pearl e Amethyst, que além de cuidar de Steven são responsáveis por manter a Terra em segurança. As três seguem a filosofia de Rose Quartz, que há muitos anos liderou uma rebelião contra o Homeworld afim de proteger o planeta pelo qual se apaixonou.

E não podemos esquecer de Connie Maheswaran, melhor amiga de Steven. Connie é uma garota inteligente e que em determinado momento decide que precisa ser mais que o "cérebro da turma" e começa a ter aulas de combate com Pearl, mostrando que toda menina pode ser o que quiser e ir além dos estereótipos. 

REPRESENTATIVIDADE


Quando falamos de representatividade muitas vezes nos limitamos a um determinado conceito, esquecendo que ela abrange inúmeros grupos sociais e o quanto é importante que os mesmos sejam lembrados. Em Steven Universe temos diversos personagens que fogem do padrão - muitas vezes físico. A aparência é completamente irrelevante no universo criado por Rebecca Sugar, uma vez que todos são tratados da mesma forma e ganham espaço igualmente, protagonizando episódios e mostrando como é sua vivência particular em Beach City.

FAMÍLIA


Steven é filho de Rose Quartz com Greg Universe, uma crystal gem e um humano, respectivamente. Uma vez que Rose não está mais presente, os cuidados de Steven ficam sob responsabilidade de Greg, Garnet, Pearl e Amethyst. Não é uma família tradicional. Mas é a família de Steven e também a melhor que ele poderia pedir, tendo em vista que sua condição híbrida faz com que em determinadas situações ele se sinta deslocado. 

MÚSICAS


Steven Universe é repleto de músicas que soam muito bem tanto no áudio original quanto traduzidas para o nosso idioma. Não, não é um desenho musical e as músicas não estão presentes em todos os episódios. Mas quando uma música começa a tocar ela se encaixa perfeitamente no momento que os personagens estão vivendo, sem que seja algo forçado ou aleatório. No geral são músicas que passam uma mensagem importante e as vezes são muito íntimas, fazendo com que o espectador realmente reflita sobre.

TEMAS



São muitos os temas abordados em Steven Universe. Além da temática familiar vemos questões que envolvem relacionamentos, perda, amor, aceitação, sexualidade, etc. É muito interessante a forma como Rebecca Sugar trabalha com essas questões, pois não podemos esquecer que estamos falando de um desenho infantil. Sempre de forma madura e bem direta, a criadora de Steven Universe faz o que poucos têm coragem: trata as crianças como seres pensantes e que muito jovens já começam a formas opiniões. Steven vai além de um desenho bobo que tenta conversar com o expectador através de longas pausas - ele realmente cria um diálogo e faz com que assuntos considerados tabus sejam debatidos e levados para a vida real.


Nenhum comentário:

Postar um comentário